A formação inicial em História: as abordagens, trajetórias e experiências do Programa Institucional de Iniciação à Docência (PIBID) e as interfaces com o currículo escolar

Contenido principal del artículo

Jaqueline Zarbato

Resumen

Resumo

Este artigo visa apresentar as discussões sobre o Programa Institucional de Iniciação à Docência (PIBID), no curso de História, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no campus de Três Lagoas. A investigação se deu, a partir da relação entre a formação inicial proposta aos acadêmicos/as que participam do projeto e das exigências e fundamentações do currículo escolar, isso porque, há embates, diálogos, apreensões sobre o conhecimento histórico que necessitam ser problematizados no ensino de história, como a interculturalidade, relações de gênero, cultura afro. A fundamentação teórica, focou-se na formação inicial, com as discussões de Tardiff (2002), com a contribuição de Barca (2001), Zabala (2007), Schmidt (2004). Metodologicamente, foi analisada a relação entre os temas propostos no currículo escolar de Mato Grosso do Sul, com a análise das narrativas dos/as acadêmicos/as sobre as propostas das sequências didáticas.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Cómo citar
Zarbato, J. (2015). A formação inicial em História: as abordagens, trajetórias e experiências do Programa Institucional de Iniciação à Docência (PIBID) e as interfaces com o currículo escolar. Revista De Historia, (16), 148–173. Recuperado a partir de http://revele.uncoma.edu.ar/index.php/historia/article/view/1069
Sección
Dossier: La formación de grado en Historia